Covid

Prado: Prefeito desobedece decreto do governador e promove evento com aglomeração

Por Antonio Carlos em 22/04/2021 às 22:13:58

Nesta quinta-feira (22), o prefeito de Prado, Gilvan da Silva Santos (PSD), realizou em frente ao Palácio do Turismo no centro de Prado um evento que reuniu centenas de pessoas, desobedecendo assim o Decreto Estadual de combate à pandemia do novo coronavírus.

O evento sem distanciamento seguro para prevenção entre as pessoas e algumas até mesmo sem máscaras, foi para comemorar o dia 22 de abril - Descobrimento do Brasil. Com o tema, "O BRASIL RENASCE, ONDE NASCE!", relembrou o marco histórico do primeiro contato dos índios com os portugueses no solo pradense, na barra do Rio Cahy no dia 22 de abril de 1500, local denominado hoje como a primeira praia do Brasil.

O ato que supostamente foi realizado com recurso público, descumpriu o decreto em vigor do governo do estado de combate a disseminação do novo coronavírus que na Bahia já matou até o momento 17.687 pessoas.

Veja que o diz o decreto:

"Permanecem proibidos até o dia 26 de abril os eventos e atividades, independentemente do número de participantes, ainda que previamente autorizados, que envolvam aglomeração de pessoas, como eventos desportivos coletivos e amadores, cerimônias de casamento, eventos recreativos em logradouros públicos ou privados, circos, eventos científicos, solenidades de formatura, passeatas e afins, bem como aulas em academias de dança e ginástica. Apenas eventos científicos, corporativos e reuniões continuam liberados, com público máximo de 50 pessoas".


Estiveram ao lado do prefeito Gilvan no evento, o presidente da Câmara Municipal, o vereador Odilei Matos, a vereadora Luciana, vereador Cacique Zeca, secretários do município, funcionários públicos do município, indígenas, a banda filarmônica e demais pessoas da comunidade.

Ouça o discurso do prefeito

Por Antonio Carlos
Comunicar erro
gostou anuncie aqui