Covid

Léo Santana pede 'compreensão' após ser criticado por tocar em festas durante pandemia

Por Antonio Carlos em 07/01/2021 às 15:04:46

O cantor Léo Santana falou, durante coletiva com a imprensa na tarde desta quinta-feira (7), sobre a situação do entretenimento na pandemia da Covid-19. O setor, que foi um dos primeiros a parar, ainda encontra dificuldades em seu retorno já que depende de aglomerações, o que não é indicado no combate ao coronavírus. O baiano foi criticado nas redes sociais por ser uma das atrações das comemorações do Réveillon em São Miguel do Gostoso (veja aqui), mesmo com a segunda onda da doença no Brasil. "Queria que os governantes olhassem com mais atenção para nossa classe. É um profissão que dá o pão de cada dia", iniciou.

O artista frisou que há planos de retorno das atividades para todos os setores, exceto o de eventos. "Falam em tudo e não se falam em entretenimento. Tudo está lotado e quando temos um evento são críticas, com as pessoas querendo cancelar. [o entretenimento] É uma estrutura gigantesca. Às vezes, as pessoas criticam os artistas e músicos como se a gente tivesse ali se divertindo. É o nosso trabalho. Espero que possa flexibilizar um pouco mais para os músicos poderem trabalhar, ter o que dar para sua família. Claro que com condições de fazer de forma segura", finalizou. Além do evento em no Rio Grande Norte, ele foi listado como uma das atrações da polêmica festa promovida por Neymar no Rio de Janeiro durante a virada do ano. Vale ressaltar que o baiano não publicizou nenhum registro sobre esses eventos em suas redes sociais, como costuma fazer.

Fonte: Bahia Noticias

Comunicar erro
gostou anuncie aqui