Vacina contra a febre amarela passa a ser em dose única

A partir de agora, o governo brasileiro vai aplicar apenas uma dose da vacina contra a febre amarela na população. De acordo com a Agencia Brasil, a medida, que começa a valer neste mês, segue orientações internacionais e se adapta a estudos feitos pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que atestam a eficácia da dose única. As pessoas que já se vacinaram e possuem a carteira de comprovação não precisam mais tomar a dose de reforço depois de dez anos. Ainda segundo a Agência Brasil, em 2014, a OMS já havia recomendado a mudança, mas o Ministério da Saúde entendeu na época que eram necessários mais estudos para adotar o protocolo.