Papa envia questionário sobre união homoafetiva para paróquias

O Vaticano incluiu perguntas sobre casamento homoafetivo e divórcio no questionário enviado às Conferências Episcopais para o documento preparatório da Assembleia Geral Extraordinária do Sínodo de Bispos que será realizada em outubro de 2014. O porta-voz da Santa Sé, Federico Lombardi, explicou que estas perguntas foram formuladas por causa do documento preparatório que sempre é feito antes do Sínodo, e que mais detalhes serão dados em entrevista coletiva que será realizada no Vaticano na próxima terça-feira (5). Esse documento mostra que na bateria de perguntas tem um tópico dedicado exclusivamente aos casamentos entre pessoas do mesmo sexo e a visão que os fiéis católicos têm deles em suas Dioceses e como a Igreja pode abordar estas uniões. “Qual é a atitude das Igrejas locais para o estado como promotor de uniões civis entre pessoas do mesmo sexo e com as pessoas que as protagonizam? Que atendimento pastoral se pode dar aos que decidiram viver sob este tipo de uniões?”, pergunta o documento. Em caso de adoções por parte de casais do mesmo sexo, “o que pode ser feito pastoralmente para transmitir a fé?”, prossegue o questionário, que dedica também um tomo à educação das crianças nos chamados “casamentos irregulares” e a forma na qual seus pais se aproximam da Igreja. Segundo a Veja, também há espaço para “certas situações maritais difíceis”, com separados e divorciados, cuja comunhão será abordada no próximo Sínodo, depois que o papa Francisco mostrou abertura neste assunto, ao destacar a necessidade de estudá-lo e ressaltar a importância de melhorar a atenção espiritual para aqueles que voltaram a casar.

Bahia Notícias